Equilíbrio
Tranqüilidade e controle
Disposição e vitalidade
Fortalecimento e flexibilidade
Meditação em movimento
Concentração/ativação mental/Disciplina
Filosofia Oriental e Medicina Tradicional Chinesa

PUBLICAÇÕES





_____________________________________________________________________________

Oração dos Praticantes de Tai Chi Chuan


Tai Chi nosso que estais no sangue
santificado seja vossa energia
venha a nós o nosso esforço
assim nos ensaios
como nas apresentações.
O Tai Chi de cada dia nos dai hoje.
Perdoai as faltas aos ensaios,
assim como nós perdoamos nossos professores rígidos.
Não nos deixei errar a forma e livrai-nos dos calos e das dores.
Amém

Pela nossa bailarina e praticante de Tai Chi Chuan: Eliane Gambardella




________________________________________________________________________________


Tai Chi Chuan e Yoga para a saúde


Na mais completa investigação realizada pelo programa de Tai Chi Chuan realizado pela Fundação da Artrite, os participantes apresentaram melhora significativa de sintomas de dor, fadiga, rigidez muscular e na sensação geral de bem-estar, além da melhora significativa do equilíbrio emocional. A pesquisa foi coordenada por Leigh Callahan, professor da University of North Carolina at Chapel Hill School of Medicine e membro do Centro de Pesquisa Thurson sobre Artrite da mesma universidade.

Os estudos apresentaram benefícios significativos do Tai Chi Chuan para todos os voluntários com sintomas de artrite, inclusive de fibromialgia, artrite reumática e osteoartrite. Foram recrutados 354 participantes de 20 diferentes localidades dos estados da Carolina do Norte e de New Jersey, distribuídos aleatoriamente em dois grupos. O grupo que participou das atividades realizou exercícios de Tai Chi Chuan durante oito semanas, duas vezes por semana. Foram recrutadas pessoas com os sintomas severos das doenças assinaladas, tão severos que não permitiam realizar exercícios de Tai Chi Chuan de pé, apenas sentados. As medidas de desempenho incluíram o tempo de permanência de pé, velocidade de caminhada, e duas avaliações de equilíbrio: a permanência por sobre uma única perna e teste de alcance. Ao final das oito semanas, todos os que realizaram os exercícios apresentaram melhoras significativas, tanto nos sintomas físicos quanto psicológicos.


Outro estudo foi realizado por pesquisadores da Boston University School of Medicine, que demonstrou que exercícios de yoga apresentam excelente efeito positivo no humor e em níveis de ansiedade, melhor do que simplesmente caminhadas ou outras formas de exercícios. Os resultados foram correlacionados com a liberação de GABA (ácido gama-amino butírico) no cérebro, e publicados no The Journal of Alternative and Complementary Medicine.
Usualmente os níveis de GABA são menores em pessoas com ansiedade e muita variação de humor, que recebem medicamentos para aumentar a produção de GABA para tratar os sintomas. Durante o estudo realizado foram realizadas medidas dos níveis de GABA depois dos exercícios de yoga. Os resultados indicaram aumento na produção de GABA pelo tálamo. Os autores indicam que a prática de yoga estimula áreas cerebrais específicas, que se tornam mais suscetíveis ao aumento dos níveis de GABA.

Em entrevista, o editor-chefe da revista onde o estudo foi publicado enfatizou a importância dos resultados, por fornecerem bases objetivas para explicar os efeitos benéficos que os praticantes diários de yoga desfrutam. Segundo Kim A. Jobst, um objetivo posterior será de verificar como a prática prolongada de exercícios de yoga pode contribuir para o tratamento de depressão sem uso de medicamentos.


Streeter, C., Whitfield, T., Owen, L., Rein, T., Karri, S., Yakhkind, A., Perlmutter, R., Prescot, A., Renshaw, P., Ciraulo, D., & Jensen, J. (2010). Effects of Yoga Versus Walking on Mood, Anxiety, and Brain GABA Levels: A Randomized Controlled MRS Study The Journal of Alternative and Complementary Medicine, 16 (11), 1145-1152 DOI: 10.1089/acm.2010.0007


Por Roberto Berlinck 14/11/2010







________________________________________________________________________________

FATORES QUE PROLONGAM A VIDA....



Assitencia Médica: 10%
Genética: 17%
Meio Ambiente: 20%


Estilo de Vida: 53%


Stanford University



_________________________________________________________________________________



SAÚDE É BEM ESTAR:

FÍSICO

MENTAL

PSÍQUICO

FAMILIAR

FINANCEIRO

PROFISSIONAL

ESPIRITUAL




_________________________________________________________________________________
Entrevista com Ghislaine Lanctot


Este é um artigo publicado no "La Vanguardia em 27/11/2002", é uma entrevista antiga, mas de grande interesse. A Entrevistada por Victor-M.Amela é Ghislaine Lanctot (que aparece na foto ao lado), uma ex-médica e autora de "A Máfia Médica", que desafia o atual sistema de saúde.

Tenho 61 anos e nasci em Montreal (Canadá). Fui médica e hoje sou Ghislaine Lactot, médica da alma.

Divorciei-me duas vezes, tenho quatro filhos (de 37e 28 anos) e quatro netos.

Política? Soberania individual! Acredite em si mesmo: você é divino e se esqueceu.

A medicina moderna promove a doença, não a saúde: a denúncia sobre isso está em meu livro "A Máfia Médica".

Estou gripado, o que você me receita?

- Nada.

Nem um pouco de Frenadol?

- Por quê? Para encobrir os sintomas? Não. Cuide de seus sintomas, ouça-se! E sua alma vai lhe dar a receita.

Mas eu fico na cama ou não?

- Pergunte a si mesmo, e faça o que você sente que lhe convém mais. Acredite em si mesmo!

Mas os vírus não se importam com o que eu acredito!

Oh, agora vejo: você escolhe o papel de vítima. Sua atitude é: "Eu peguei a gripe. Eu sou uma vítima de um vírus. Preciso de remédio"!

- Claro que sim, como todos...

Bem, aí está... Minha atitude seria: "Eu me dei uma gripe de presente. Eu sou o responsável! Devo me cuidar um pouco". E eu gostaria de ir para a cama, repousaria, relaxaria, meditaria um pouco sobre como eu tenho me maltratado ultimamente. ..

- V. se deu uma gripe de presente, você diz?

Sim! Sua doença vem de você, e não de fora. A doença é um presente que você faz para se encontrar consigo mesmo.

- Mas ninguém quer uma doença...

A doença reflete uma desarmonia interna em sua alma. Sua doença é o seu aliado, sinaliza que olhe para sua alma e veja o que acontece com você. Agradeça, pois lhe dá a oportunidade de fazer as pazes com você mesmo!

- Talvez o mais prático fosse um comprimido.. .

Fazer a guerra contra a doença? Isso é o que sugere a medicina de hoje, e as guerras matam, sempre trazem a morte.

- Não me diga agora que a medicina mata...

Um terço das pessoas hospitalizadas o são pelo efeito dos medicamentos! Nos Estados Unidos, 700.000 pessoas morrem anualmente por causa dos efeitos colaterais dos medicamentos e dos tratamentos hospitalares.

- Morreriam do mesmo jeito sem medicação, ora.

Não. Não se mudarmos o foco: a medicina moderna se esqueceu da saúde, é uma medicina da doença e da morte! Não é uma medicina da saúde e da vida.
Medicina da doença? Esclareça!...

Na China antiga, um acupunturista era demitido se o seu paciente ficasse doente. Ou seja, o médico cuidava de sua saúde! Entende? Toda nossa medicina é, portanto, um fracasso total.

- Prefere remédios alternativos, por quê?

Eles respeitam mais o corpo que a medicina industrial, é claro: a homeopatia (será a medicina do século XXI!) Acupuntura, fitoterapia, reflexoterapia, massoterapia. .. a prática da yoga... a meditação... são mais baratos... e bem menos perigosos.
- Mas eles não salvam ninguém do câncer.

Diga isso à medicina convencional! Ela o salvaria de um câncer?
- Pode fazer isso, sim.

O que fará com certeza é lhe envenenar com coquetéis químicos, lhe queimar com radiação, lhe mutilar com extirpações...

E, ainda por cima, a cada dia há mais câncer! Por quê? Porque as pessoas vivem esquecendo sua alma (que é divina): a paz de sua alma será a sua saúde, porque seu corpo é o reflexo material da sua alma. Se você se reencontrar com sua alma, se estiver em paz com ela... não haverá câncer!

- Belas palavras, mas se seu filho tivesse câncer, o que você faria?

Alimentaria sua fé em si mesmo: isso fortalece o sistema imunológico, o que afasta o câncer. O medo é o pior inimigo! O medo compromete a sua autodefesa. Nada de medo, nada de se render ao câncer! Tranqüilidade, convicção, delicadeza, terapias suaves...

- Desculpe-me, mas faz mais sentido ir a um oncologista, um médico especialista.

A medicina convencional só deve ser o último recurso, o extremo mesmo... E se sua alma estiver em paz, você nunca irá precisar dela.

- Bem, tenhamos então a alma em paz... mas, se por acaso encontrarem a vacina.

Não! Elas são produzidas com células de ovário de hamster cancerizadas para multiplicá-las e cultivá-las em um soro de bezerro estabilizado com alumínio (Este da hepatite B, com seu vírus): Você injetaria seus filhos com isso?

- Já tenho feito isso várias vezes...

E eu com os meus: Eu era médica, mas ainda não sabia o que sei agora ... No entanto, hoje meus filhos já não vacinam a seus filhos!

- Acho que vou continuar com as vacinas...

Por quê? A medicina atual mata moscas com um martelo: nem sempre morre a mosca, mas sempre se quebra a mesa de cristal. Há tantos efeitos colaterais.. .

- Por que abominou a medicina?

Tornei-me uma médica para ajudar. Eu me concentrei em Flebologia, as veias varicosas. Cheguei a ter várias clínicas. Mas fui percebendo o poder mafioso na indústria médica, que prejudica nossa saúde, que vive à custa de que estejamos doentes! Denunciei isso... e fui expulsa da faculdade de Medicina.

- Ou seja, você já não pode prescrever remédios...

Melhor! Os medicamentos são fabricados pensando na lógica industrial do máximo benefício econômico, e não pensando em nossa saúde. Pelo contrário: se estamos doentes, a máfia médica continua fazendo dinheiro!

- E a quem interessa a "máfia médica"?

À Organização Mundial de Saúde (OMS), às multinacionais farmacêuticas que a financiam, aos governos obedientes, aos hospitais e médicos (muitos por ignorância).. . O que está por trás disso? O dinheiro!

- Você não escolhe nenhum inimigo pequeno...

Eu sei, porém, se eu tivesse me calado, teria ficado doente e hoje estaria morta.

- Qual foi sua última doença?

Dois dias atrás, heheee... uma diarréia!
- E para refletir o que em sua alma?

Oh, eu não sei, eu não analisei... simplesmente limitei-me a não comer... E já me sinto bem!

- Mas, e se ficar muito mal, hein?

Sei, sei... Se a doença for visitá-lo, acolha-a, abrace-a! Faça as pazes com ela! Não saia correndo como louco para encontrar um médico, um salvador... Seu salvador vive dentro de você. Seu salvador é você. Você é Deus!
____________________________________________________________________________


A ÁGUA PARA OS ORIENTAIS





Um habito bastante popular no oriente é a ingestão de água pela manhã logo ao acordar.

A ciencia tem comprovado os enormes benefícios para a saúde oriundos desse simples habito, que é tratamento para doenças diversas como: dores de cabeça, dores no corpo, problemas cardíacos, artrite, taquicardia, epilepsia, excesso de gordura, bronquite, asma, tuberculose, meningite, problemas do aparelho urinário, doenças renais, vômito, gastrite, diarréia, diabetes, problemas nas hemorróidas, disturbios menstruais e ginecológicos e do complexo hotorinolaringo.

O ideal é seguir o seguinte método:
1 - Pela manhã antes de escovar os dentes, beba 2 copos com água. Após escovar os dentes não comer ou beber dentro de 15 minutos, passados os 15m coma e beba normalmente.
2 - Depois do lanche, almoço ou jantar não se deve comer ou beber dentro de 2 horas.

Pessoas idosas que não consigam beber 2 copos, podem iniciar com um e aumentar gradualmente. Esse método propicia curas e uma vida mais saudável, além de não possuir efeitos secundários, apenas exige urinar com maior frequência.

É indicado manter esse habito mesmo após o alivio dos sintomas, pois se tornará rotina diária. Chineses e japoneses bebem líquidos quentes com as refeições geralmente chás, pois o líquido frio solidifica o alimento gorduroso, o que retarda a digestão; fazendo acumular gordura em nosso organismo, danificando o intestino.

adaptado do Jornal Holisco do Triângulo Mineiro
Agosto 2010














__________________________________________________________________________

BRINCAR DE CONCENTRAR




Ao optar pela prática de atividades como yoga, meditação ou tai chi chuan criançada ganha poder de concentração e equilíbrio mental de forma lúdica


Às segundas-feiras, o estudante Iori Kaiser Dumont, 7, acorda bem cedinho para acompanhar a mãe nas aulas de tai chi chuan - arte marcial chinesa que consiste em uma série de exercícios lentos que relaxam o corpo e a mente, além de trazer benefícios ao físico.

Assim como Iori, que optou pelo inusitado tai chi em detrimento dos agitados, e também benéficos, futebol e natação, por exemplo, outras crianças têm praticado atividades que, em resumo, privilegiam a integração de corpo e mente, sob os aplausos dos pais, que observam em seus filhotes uma queda na ansiedade, maior capacidade de concentração e um maior reconhecimento de si e de sua identidade. Assim como o pequeno Iori, João Pedro, Gabriel, Elis, João Paulo, Victor e Henrique são exemplos de crianças que aderiram a práticas holísticas como a yoga, a meditação, o gatka (espécie de luta indiana) e o próprio tai chi chuan.

"Com esse mundo caótico que temos, as crianças estão tendo os mesmos problemas dos adultos, estão ansiosas e inseguras. Para elas, está sendo muito importante esse aprendizado de se tranquilizar, acalmar, e buscar a solução que está dentro dela e não fora", analisa a instrutora de tai chi chuan Luciana Maia.

Há pouco mais de um mês, Iori começou a participar efetivamente das aulas, acompanhando o ritmo da turma de adultos. "Ele se concentra muito, observa bastante, toma muito cuidado para fazer todos os movimentos e não perder o que o professor está passando. Mas parece um esforço e uma vontade natural da parte dele", considera a mãe do menino, Ágata, que também pratica o tai chi.

Corpo e mente
Esta naturalidade é explicada pela instrutora Luciana Maia. Ela afirma que o tai chi busca trazer o adulto a um maior enraizamento, uma maior ligação com a terra o que, nas crianças, é algo já natural. "Quando o adulto busca o tai chi, ele está procurando o retorno à própria essência, enquanto as crianças vão aprender de forma mais espontânea, uma vez que elas já são holísticas por natureza. Elas já têm corpo e mente integrados", pontua.

Ao contrário de Iori, que aderiu ao tai chi seguindo o exemplo da mãe, que já praticava, foi Gabriel Ataídes Arantes, 11, quem influenciou a mãe, Raquel, à prática da hatha yoga. Há dois anos e meio, o garoto, iniciou na atividade levado pela preocupação da mãe com sua pouca atenção. "A yoga praticamente mudou minha vida. Fiquei mais tranquilo, mais atento e tenho mais equilíbrio agora", conta. O resultado em seu comportamento foi tão positivo, que fez com que a mãe também se rendesse. "Vejo que melhorou tanta coisa! Hoje ele vive mais no presente, e vai sempre no ritmo dele. Isso é uma filosofia legal", considera Raquel.

"Das atividades extracurriculares, a yoga é a que ele não quer parar de jeito nenhum", revela.

Sobre tudo o que a yoga lhe trouxe, Gabriel conta que aprendeu várias coisas. Dentre elas, que existe uma força dentro de cada um que faz as coisas moverem. "Basta a gente querer que a gente consegue. É assim: você precisa querer, para ‘poder poder’. Mas tem que querer de coração, tem que querer muito", ensina.

A procura por aulas de yoga para crianças é antiga. Segundo Santosh Silvana Nascimento, gerente da escola de yoga Jai Vida, a busca acontece desde quando a escola começou a funcionar, há cerca de 30 anos. E ela fala da dinâmica da atividade para a garotada. "A aula depende muito da idade. Acaba sendo lúdica, principalmente quando as crianças são muitos pequenas. Cantamos o mantra (cantos devocionais), com uma sequência de exercício visual. Logo depois, entramos com as ásanas, posturas do yoga integral", explica.


Por Marina Lage
Jornal Pampulha - Setembro 2010


________________________________________________________________________________

Artes marciais diminuem risco de fraturas





Técnicas das artes marciais (judô ou kung fu) podem ser eficazes na redução do impacto das quedas em pessoas com osteoporose e diminuir o risco de fraturas ósseas. Só na cidade de São Paulo, 2.261 idosos foram internados de janeiro a novembro de 2008 por fratura de fêmur - a queda acidental foi responsável por 93% dos casos.
No Brasil, cerca de 10 milhões de pessoas sofrem de osteoporose. O problema é mais comum em idosos, especialmente mulheres, e torna os ossos mais finos e fracos. Os praticantes de judô, por exemplo, aprendem a cair em um movimento de rolamento, distribuindo o impacto sobre uma área maior do corpo.Uma pesquisa feita na Holanda e publicada na revista "BMC Research Notes" sugere que, se as pessoas com osteoporose aprendessem técnicas similares, poderiam ter menos risco de quebrar um osso.


Eles mediram os efeitos de uma queda em voluntários jovens e saudáveis e compararam os resultados com informações sobre o impacto no fêmur que uma pessoa idosa com osteoporose suportaria.
A conclusão é que o treino é seguro e ajuda os idosos a cair sem se machucar. Mas é preciso usar equipamentos de segurança (como protetores de quadril), para evitar lesões durante o exercício.





O psiquiatra e acupunturista Carlos Moriyama começou a praticar kung fu aos 60 anos por causa de uma hérnia cervical. Ele está tão convencido dos benefícios que indica o esporte aos seus pacientes. "Tenho um paciente de 78 anos que tem osteoporose e faz kung fu. Melhora a atenção, reação, postura e ainda proporciona alongamento. Também reduz o risco de quedas", diz.
Marcelo Saad, fisiatra e acupunturista do hospital Albert Einstein, diz que qualquer exercício que busque o domínio do equilíbrio pode ajudar a prevenir quedas.
"Isso faz a pessoa ficar mais atenta e desenvolver reflexos para coordenar melhor os movimentos e reduzir impactos."
O médico pondera que idosos com a osteoporose já avançada podem se machucar. "Nesses casos, é melhor trabalhar técnicas de equilíbrio já consagradas [como o Tai Chi Chuan] para prevenir a queda em vez de ensiná-los a cair com menos impacto", sugere.




O professor Walter Roberto Correia, membro do Grupo de Pesquisas em Lutas, Artes Marciais e Modalidades Esportivas da USP e mestre de kung fu, diz que é preciso ter cautela ao indicar artes marciais para quem tem osteoporose.
"É claro que uma pessoa que faz kung fu ou judô tem um controle corporal melhor. Mas, se o programa for mal prescrito, a atividade pode se tornar um risco", afirma.
Correia acrescenta que as técnicas devem ser adaptadas. "A linha entre o benefício e o risco de lesões é muito tênue. O instrutor precisa dominar a técnica e também saber fazer as adaptações necessárias", diz.

Matéria da Folha de São Paulo em 20/05/2010 por FERNANDA BASSETTE
da Reportagem Local


_________________________________________________________________________________

O artigo publicado hoje no Yahoo foi de grande valia para quem busca por esclarecimentos na escolha de uma atividade física. Nele o Tai Chi Chuan foi classificado como uma atividade de alongamento. Sim, realmente proporciona ao corpo mais flexibilidade e alongamento, porém também deve classificado na categoria de exercícios anaeróbios, pois a lentidão combinada com a repetição sistemática em que os movimentos são feitos trabalha justamente a construção muscular. A analogia é similar à musculação, porém sobrecarrego meu corpo com meu próprio peso, fazendo uso da combinação: força da gravidade e a lentidão. Dessa forma fortaleço meu corpo sem lesioná-lo.
Sara Giffoni - Instrutora de Tai Chi Chuan



______________________________________________________________________________

Exercícios Físicos: Como escolher o melhor para o meu corpo?
















Encontrar um equilíbrio e disciplina na prática de alguma modalidade corporal ainda é obstáculo para muitas pessoas. Como qualquer outro seguimento, o mercado do Fitness ou do mundo da ginástica e dos esportes precisa, a todo o momento, lançar cada vez mais novidades.

Se você é uma pessoa que acompanha estas informações, já deve ter ouvido ou até praticado algumas modalidades que já nem mais se ouve, não é mesmo? Eu como sou da época da ginástica aeróbica, musculação e ginástica localizada, sei bem o que é isto! Sem contar com os Step, Power isto, Power aquilo e Body Jumping. Aí ressuscitaram Yoga e Pilates. Por quê? Porque as pessoas com mais experiência de vida já não se identificavam com as aulas com muito barulho e muito pula-pula. Ah! Já ia me esquecer do RPG que era uma febre e deixava todo mundo falando disso o tempo todo.

O fato é que constantemente sou abordada com a seguinte pergunta: O que você acha de tal atividade? E sempre digo: - Não existe atividade física que sozinha cumpre o papel essencial de estimular a funcionalidade natural de todos os sistemas do nosso corpo. Se você só pratica um tipo que não completa este sistema, você com certeza não está ativando adequadamente seu corpo. O profissional da saúde tem que alertar o aluno para a importância de ter os estímulos aeróbio, anaeróbio e alongamento.




Estilos importantes :

1. Aeróbio: Caminhada, corrida, dança (no mínimo 30 minutos s/ parar), natação, equipamentos cicloergômetros(bike, esteira,etc).

2.Anaeróbio: são exercícios resistidos(musculação, ginástica localizada, ginástica funcional e Pilates), ou seja exercícios que constroem músculo.

3. Alongamento: aula de alongamento normal,Lian Gong, Tai Chi e Yoga.
Outra informação importante


Que profissional pode te ajudar na busca da melhor atividade para você? Profissionais de educação física, fisioterapeutas e médicos que entendem de fisiologia do exercício. Vejo que cada vez mais profissionais da saúde confundem as pessoas e ficam espalhando informações a respeito de práticas da moda sem muita propriedade. E ainda pior, têm muitos profissionais que nem praticam nada, por isso é importante ficar atento (a).

Um outro detalhe e também muito importante é que você, ou melhor, o seu corpo, tem que gostar da atividade que irá praticar.Lembre-se que o corpo é puro movimento, ou seja, qualquer atividade que fuja deste conceito não está suprindo as necessidades do seu corpo. O movimento físico faz o seu corpo sorrir por inteiro. Encontre o seu jeito!



Por Cecília Faipó no Yahoo Brasil – Beleza e Saúde. 20-09-2010


__________________________________________________________________________________




*O resfriado escorre quando o corpo não chora.*

*A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.*

*O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.*

*O diabetes invade quando a solidão dói.*

*O corpo engorda quando a insatisfação aperta.*

*A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam.*

*O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.*

*A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.*

*As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.*

*O peito aperta quando o orgulho escraviza.*

*O coração infarta quando chega a ingratidão.*

*A pressão sobe quando o medo aprisiona.*

*As neuroses paralisam quando a 'criança interna' tiraniza.*

*A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.*


________________________________________________________________________________

ALONGAMENTO E FLEXIBILIDADE







Um certo grau de elasticidade é um atributo importante dos músculos esqueléticos e suas conexões de tecido conjuntivo. Uma maior elasticidade contribui para um maior grau de flexibilidade, aumentando a amplitude de movimento de uma articulação.

Quando um músculo relaxado é fisicamente alongado, sua capacidade para se encompridar é limitada pela estrutura de tecidos conjuntivos, como as fáscias. O alongamento habitual encomprida gradualmente essas estruturas, porém é um processo lento. Para observar uma melhora na flexibilidade, os exercícios de alongamento devem ser realizados regularmente (diariamente).

Os tecidos alongam-se melhor quando uma força lenta e suave é aplicada em temperaturas elevadas do tecido, isso se consegue facilmente com dez minutos de contração muscular. O exercício aquece o músculo mais profundamente e amplamente, é daí que vem o termo “aquecimento”. É muito importante aquecer-se antes do alongamento e não o contrário, pois o alongamento dos músculos frios não aumenta a flexibilidade e pode causar lesão.

O modo mais seguro e eficaz de aumentar a flexibilidade é pelo alongamento estático, lento e suave. Após o aquecimento, você fica numa posição confortável de alongamento e relaxa. Com a ajuda da respiração profunda, você estica um pouco mais, mantendo a posição por, no mínimo, 30 segundos. Se você está tendo dificuldades para relaxar é porque alongou demais, então deve voltar um pouco na posição e procurar uma mais confortável, sem tensão. Ao se alongar é importante relaxar. Se não houver um relaxamento os músculos irão se contrair em protesto, e com isso, ativar inadvertidamente os nervos motores que iniciam a contração muscular nos músculos que elas deveriam relaxar, interferindo assim na capacidade do músculo de se alongar.


Lembre-se: A flexibilidade é fundamental para facilitar os movimentos nas diversas atividades profissionais e nas tarefas diárias. Músculos pouco alongados são causadores de diversas dores, como por exemplo, na coluna lombar quando os músculos extensores do quadril estiverem encurtados.


Fonte: Tortora, Gerard J. et al, Corpo Humano – Fundamentos de Anatomia e Fisiologia, p. 187.
Júnior, Abdala Achour, Bases para exercícios de alongamento, cap. 5.
Júnior, Abdala Achour, Exercícios de alongamento – anatomia e fisiologia, cap.1.


Por Sinara Gnoatto em: http://conversassobreocorpo.blogspot.com/2009/01/um-certo-grau-de-elasticidade-um.html






_________________________________________________________________________________

Discovery Channel - Artes Marciais - Tai Chi Chuan






História e Filosofia
Tai chi chuan significa “princípio supremo dos punhos” e é uma arte marcial tão antiga que suas origens se perderam. De acordo com a teoria médica e filosófica chinesa, chi é a energia interna que move todas as coisas vivas. Praticar tai chi regula o chi, que por sua vez mantém a saúde.
A história coloca Chang San Feng, um estudante do famoso templo Shaolin, como o fundador do tai chi, mas muitos praticantes afirmam que a fonte verdadeira foi o monastério Wu Dang Shan, localizado na China Central, durante o século 15.
Durante a Dinastia Qing, um praticante de tai chi chamado Yang Lu Chan foi convidado pelo Manchu para ensinar a família imperial e sua guarda. Yang revelou a eles apenas uma parte da arte, ensinando o sistema completo apenas para parentes próximos e estudantes confiáveis. A popularidade do tai chi chuan cresceu entre a nobreza, mas só se espalhou pelo resto da China durante os anos 20, quando seus benefícios à saúde foram reconhecidos. A arte do tai chi, antes secreta, se tornou um exercício nacional. Desde a década de 60, o tai chi se espalhou pelo mundo e é a arte marcial mais praticada do planeta.

Treinamento de Tai Chi Chuan

O tai chi focaliza o desenvolvimento dos aspectos internos do corpo humano – respiração, flexibilidade e mente. Os iniciantes aprendem primeiro a relaxar e a manter a boa postura. Então aprendem um modelo, uma seqüência contínua que pode ter mais de 100 posturas e movimentos, que são a base do tai chi. Mais tarde, os praticantes aprendem um exercício em que gentilmente pressionam e retiram suas mãos de encontro aos braços do parceiro.
Em uma situação de combate, o tai chi chuan ensina aos praticantes a relaxar e fazer movimentos fluidos, permitindo uma ação suave e respostas rápidas. No tai-chi, a auto-defesa é mais uma reação refletida que a repetição de uma técnica.

  • Matéria publicada no canal: Discovery Channel.
  • Disponível em: http://www.discoverybrasil.com/artes_marciais_home/artes_marciais_china/artes_marciais_tai_chi_chuan/index.shtml




_________________________________________________________________________________

ATIVIDADE FÍSICA NA ADOLESCÊNCIA REDUZ O RISCO DE PROBLEMAS COGNITIVOS

Mulheres fisicamente ativas, em qualquer momento da vida (adolescente, aos 30 anos, 50 ou em idade avançada) têm menor risco de declínio cognitivo na velhice em comparação com aquelas que são inativas. Entretanto a atividade física na adolescência parece ser mais importante, de acordo com um estudo com mais de nove mil mulheres do Health Sciences Centre, no Canadá, publicado no jornal da American Geriatrics Society.

Há uma crescente evidência para sugerir que as pessoas que são fisicamente ativas, em meados da vida e no final tem menor chance de demência e menos riscos de comprometimento cognitivo em idade avançada. No entanto, há uma menor compreensão da importância dos primeiros anos de vida e a atividade física e a importância relativa de atividade física em diferentes idades.

Pesquisadores liderados pela PhD Laura Middleton compararam a atividade física em mulheres. Das participantes, 15,5%, 29,7%, 28,1% e 21,1% relataram ser fisicamente inativas na adolescência, aos 30 anos, de 50 anos, e na velhice respectivamente. O aumento do déficit cognitivo para aquelas que estavam inativas foi entre 50 % e 100% em cada momento. Quando as medidas de atividade física para todas as quatro faixas etárias foram inseridas em um modelo único e ajustadas para variáveis como idade, escolaridade, estado civil, diabetes, hipertensão, depressão, tabagismo e IMC (Índice de Massa Corporal), apenas o nível de atividade física na adolescência permaneceu significativamente associado com o desempenho cognitivo na velhice.

Os pesquisadores também descobriram que mulheres que eram fisicamente inativas na adolescência e tornaram-se ativas fisicamente dos 30 aos 50 anos tinham reduzido significativamente as chances de comprometimento cognitivo em relação aos que permaneceram inativos fisicamente. Em contrapartida, ser fisicamente ativo na idade 30 e 50 anos não foi significativamente associado com as taxas de déficit cognitivo nas mulheres que já eram fisicamente ativas na adolescência. Além disso, a atividade física reduz as taxas e severidade dos fatores de risco cardiovascular, como hipertensão, obesidade e diabetes tipo 2.

Para o neurologista Ricardo Teixeira, vale lembrar também dos benefícios comportamentais do exercício físico, já que bons hábitos costumam atrair outros. "Indivíduos envolvidos em programas regulares de atividade física têm mais chance de se alimentar melhor, de ficar longe dos excessos e de hábitos prejudiciais à saúde, além de seguir as orientações médicas", explica o especialista.



_________________________________________________________________________________
Copacabana Runners - Corrida e Saúde

Tai Chi Chuan é uma arte marcial chinesa "nei chia" (interna), a qual é conhecida pelos benefícios para a saúde e longevidade aclamados por seus praticantes e por alguns estudos médicos recentes. Tai Chi Chuan também é conhecido como uma arte marcial de estilo suave, aplicada como relaxamento mais completo possível da musculatura, distinguindo-se na sua teoria e aplicação das artes marciais de estilo duro, as quais usam um grau de tensão nos músculos.Tai Chi Chuan é mais conhecida pelas rotinas de movimentos lentos que os grupos praticam todas as manhãs em parques da China e por todo o mundo. Nas aulas de Tai Chi Chuan a pessoa é ensinada a ter consciência do seu próprio equilíbrio, e o que o afeta, e a apreciar os valores práticos da sua habilidade de moderar os extremos do comportamento e atitude em nível mental e físico, e como isso se aplica aos princípios de auto-defesa.Ainda que seus praticantes o considerem um estilo primário de arte marcial, Tai Chi Chuan também é chamada de uma arte de meditação em movimento. A teoria e prática do Tai Chi Chuan também são formuladas de acordo com muitos princípios da medicina tradicional chinesa. Além dos benefícios gerais para a saúde e controle do estresse atribuídos ao nível inicial e intermediário do treinamento do Tai Chi Chuan, muitas práticas terapêuticas na linha da medicina tradicional chinesa são ensinadas aos estudantes avançados de Tai Chi Chuan nas escolas tradicionais.Tai Chi Chuan como treinamento físico é caracterizado pelo requerimento de usar a influência pelas articulações baseada na coordenação em relaxamento ao invés de tensão muscular para neutralizar ou iniciar ataques físicos. O trabalho lento e repetitivo envolvido no processo poderia suavemente aumentar e abrir a circulação interna (respiração, calor corporal, sangue, etc). Os proponentes dizem que essa melhora transforma-se num efeito duradouro, uma reversão direta dos efeitos físicos do estresse no corpo humano. Essa reversão permite que muita mais energia nativa dos estudantes esteja disponível, a qual pode se aplicada mais efetivamente para o resto de suas vidas, famílias, carreiras, etc.
O estudo do Tai Chi Chuan envolve três assuntos primários:

* Saúde - uma pessoa não-saudável, ou desconfortável de alguma outra forma, achará difícil meditar a um estado de calma ou usar Tai Chi Chuan como uma arte marcial. Desta forma, o treinamento Tai Chi Chuan para a saúde concentra-se em aliviar os efeitos físicos estresse no corpo e mente.
* Meditação - o foco na meditação, e subseqüente tranqüilidade, cultivado no aspecto meditativo do Tai Chi Chuan é visto como necessário para manter uma saúde ótima (no sentido de manter efetivamente o alívio do estresse ou homeostase) e usá-lo como uma arte marcial de estilo suave.
* Arte marcial - a habilidade de usar o Tai Chi Chuan competentemente como uma are marcial é dito ser prova que os aspectos de saúde e meditação estão atuando de acordo com a teoria do Tai Chi Chuan.
* Artigo Publicado no site : Copacabana Runners - Junho 2010.


__________________________________________________________________________________


O objetivo mais profundo das artes marciais é servir como veículo para o desenvolvimento espiritual da pessoa. O caminho para a iluminação, a auto realização e entendimento. As artes marciais (zen) desestimulam a força do intelecto e exaltam a da ação intuitiva. Sua meta final é libertar o indivíduo da cólera, da ilusão e da paixão enganosa.
Ela garantirá ao praticante: Cultivar a consciência, assumir o controle da própria vida e intensificará seu autoconhecimento. Isso acontece por que na prática entramos em contato conosco mesmo, com nossos medos, ansiedades, reações e hábitos. É uma arena de conflitos confinados, onde enfrentamos um oponente que não é um oponente.
É um momento onde podemos aprender muito em pouco tempo sobre quem somos e como reagimos ao mundo. A concentração total e a disciplina exigida no estudo das artes marciais continuam ao longo do cotidiano.
A filosofia das artes marciais não é projetada para ser pensada e intelectualizada, é feita para ser experimentada. Conforme a máxima Samurai: “O homem que alcançou o domínio de uma arte, revela-o em cada um de seus atos.”
Por Elizabeth Meira extraído do Livro: O Espírito das artes marciais - Prof. Roque Enrique Severino


__________________________________________________________________________________













Quando ingerimos frutas frescas e hortaliças, nossos corpos retiram das suas fibras os líquidos de que precisam; em seguida essas fibras passam para o trato digestivo inferior. Tomando sucos, você elimina uma etapa do processo digestivo - extrair o líquido das fibras - e oferece ao seu corpo, com mais eficiência, os nutrientes de que ele necessita. O suco feito em casa é muito diferente dos sucos em garrafas, latas, caixas. Primeiro é absolutamente fresco, o que é importante, porque os nutrientes perdem muito de seu valor depois de algum tempo que o suco foi feito. Segundo, não é pasteurizado, "cozido", e suas células vivas, recebidas de maneira direta pelo organismo, garantem a boa saúde. Terceiro e último, o suco fresco é absolutamente puro, livre de aditivos e conservantes.


Para se ter uma idéia uma xícara de suco de cenoura contém nutrição equivalente a de 4 xícaras de cenouras cruas, picadas. Sucos frescos, que, se ingeridos imediatamente depois de serem feitos, contém cerca de 95% do valor alimentício da fruta ou hortaliça. Neste processo o organismo recebe os nutrientes necessários : vitaminas e sais minerais.
É importante compreender a diferença entre sucos de frutas e de hortaliças. As hortaliças são mais difíceis de digerir que as frutas; tendem a ser mais pesadas e demoram mais a serem assimiladas pelo organismo. No entanto, quando se toma o suco de uma hortaliça, o corpo absorve imediatamente as partículas alimentícias. Todas as frutas e hortaliças tem papéis importantes a desempenhar para manter a saúde boa, porém alguns mais do que outros. Suco de cenoura e de aipo devem se tornar logo parte de sua dieta diária. O suco de maçã é o único suco que pode ser misturado com qualquer suco de hortaliça.Folhas verdes, tais como espinafre, salsa, alface e brotos, são de importância vital. Sucos de frutas cítricas é uma excelente fonte de vitamina C, muito necessária para o nosso corpo.

TODOS OS BENEFÍCIOS DOS SUCOS À SAÚDE
A grande quantidade de alimentos crus livra o corpo de toxinas, dando-lhe sensação refrescante e tornando-o energizando e relaxado ao mesmo tempo. Os alimentos puros suavizam a pele, tornam os cabelos brilhantes, a respiração livre, e todo sistema orgânico fica tão regulado, que você não precisará ,mais se preocupar com ele. Gripes e resfriados diminuem e se tornam muito mais espaçados.
Pesquisas demonstraram que o beta-caroteno desempenha um papel importante na prevenção de muitas doenças. Em ação ele funciona como um antioxidante, neutralizando moléculas nocivas conhecidas como radicais livres. Ao fazer isto, o beta-caroteno protege a valiosa carga genética que existe em cada célula, para garantir sua saúde, diminuindo as possibilidades do envolvimento das doenças, Hoje em dia a comunidade médica aconselha o consumo de mais hortaliças que contenha beta-caroteno para evitar certos tipos de câncer. Fontes: cenoura, agrião, couve-flor, espinafre, nabo, brócolis e abóbora.
A clorofila é outro elemento que se demonstrou muito valioso para os seres humanos. Encontrada apenas nas plantas, a clorofila aparece no combate ao crescimento de tumores.
Estes são alguns modos pelos quais os sucos frescos de frutas e hortaliças podem melhorar a sua vida e ajudar a prevenir uma série de doenças.
ALGUMAS DICAS IMPORTANTES:
* Tome os sucos assim que ficarem prontos.
* Não armazená-los na geladeira para consumo posterior.
* Quando tomar suco de hortaliças trate de mastigá-los.
ALGUMAS RECEITAS BÁSICAS
coquetel antivírus: 2 maças e 1 laranja
regulador noturno: 2 maçãs e 1 pêra
purificador de sangue: 3 maças e 8 morangos
anti-úlcera: ½ tomate,100g repolho,2 talos salsão
exterminador de manchas: 6 cenouras ½ pimentão verde
depurador do corpo: 2 cenouras, ½ pepino, ½ beterraba
coquetel baixa-colesterol: 5 cenouras, ½ maçã,1 pedaço gengibre
1 punhado de salsinha
digestivo especial: 6 cenouras e 7 folhas espinafre
cabelos brancos: 100g repolho,7 folhas espinafre
4 cenouras
evitar fadiga muscular: 4 cenouras, 1 aspargo 1 talo salsão
coquetel estimulante energia: 6 cenouras, 5 ramos salsinha
envelhecimento geral: salsão, melancia, cenoura e salsinha
unhas quebradiças: pepino
osteoporose: cenoura, couve e brócolis
artrite: repolho, salsão
RECEITA ESPECIAL - SUCO PELE DE CETIM: excelente para resfriados e náusea. Contribui para a suavidade da pele. É indicado para levantar o ânimo. É o verdadeiro suco do renascimento. Ingredientes: 5 cenouras, 1 maçã e 1 pedaço de gengibre.
-----
Adaptado de: Poder dos Sucos – Saúde e Vida on line
http://www.saudevidaonline.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário